Memórias…

 

FOLHA DE S. PAULO – 03/03/97 : A Quatro Mãos / Washington Olivetto & Ester Krivkin (30 anos)

 

Existe um novo profissional dentro das agências de publicidade mais

modernas: o Suporte Tecnológico. Filho dos computadores e do mundo
pós-Silicon Valley, esse profissional é o encarregado de gastar depressa o
dinheiro que a gente ganha devagar. Mas, sem dúvida nenhuma, mantém a
agência atualizada. É exatamente isso que faz Ester Krivkin. Pioneira nessa
área em agências brasileiras, Estercnológica ou Esternet, como é conhecida
pela gente, é a minha convidada no “A quatro mãos” de hoje para falar de
tecnologia nas agências de publicidade. Como manter uma agência de
publicidade atual? Gastando mais depressa o dinheiro que eles ganham
devagar. Infelizmente o binômio tecnologia3/4dinheiro ainda existe e
persiste. Manter uma agência de publicidade up-to-date com o que existe de
mais moderno em hardware e software demanda um trabalho de pesquisa
constante e intermináveis grandes investimentos. Um investimento mínimo
anual de US$ 500.000,00 só para updates, upgrades e atualização de seus
computadores e softwares. Além de horas e horas de navegação na Web, alguns congressos no exterior, algumas visitas a agências internacionais,
universidades (como o MediaLab, do MIT) e muita conversa. A famosa troca de
figurinhas. Por trabalhar sempre contra o relógio, uma agência de
publicidade necessita de mais velocidade. Não tem Power PC, hard disk, Fast
Ethernet e RAM que resistam à criatividade dos diretores de arte. Às vezes,
até extrapolamos em recursos. Creio que o Brasil é um dos únicos países do
mundo que possui uma rede de rádio de alta potência (10 Mbps) para
transmissão de arquivos e videoconferência. Essa rede, dos Editores Gráficos
Burti, foi implementada a pedido da agência. Executar um trabalho
digitalmente e depois depender do trânsito de São Paulo para que este chegue
à gráfica não combina com o espírito “contra-o-relógio” das agências de
publicidade. O sistema não pode falhar. A impressora tem sempre de imprimir
com a máxima qualidade, o servidor tem de estar sempre no ar, o backup tem
de estar 100% em dia. E, esta é a pior parte, produzimos 4 Gb de informação
por semana. É informação que não acaba mais. Para garantir a integridade de
todo esse sistema, utilizamos no-breaks de última geração, rede de dados de
100 Mbps, impressoras a laser coloridas e um sistema de backup com
capacidade de até 10 Gb por fita. Essa parte é o arroz com feijão. O bacana
é inovar. Por que não fazer vídeos ou story boards eletrônicos? Possuímos um
sistema de edição de vídeo não-linear com qualidade broadcast. Por que não
criar o nosso próprio Web Site? Utilizamos a criatividade dos nossos
diretores de arte e redatores, mais algum conhecimento em html, vrml e
outros “ml” para colocar nossa página no ar. Por que não ser um dos
primeiros a ter uma intranet com nossos clientes? Novo projeto em
desenvolvimento. Esses desafios tornam o trabalho de suporte tecnológico
cada vez mais excitante. Quando você pensa que não vão inventar mais nada de fantástico, aparece o DVD. Mas o grande desafio mesmo é ser tecnológico num país que dificulta a importação de coisas que não produz. Agora o mais
bacana de tudo seria convencer um certo dono de agência a trocar o “toc-toc”
de sua Olivetti pelo “tec-tec” de um computador. O computador eu já comprei.
Só falta ele começar a usá-lo. Caso isso aconteça, vocês podem ter certeza
de que esta agência estará 100% tecnológica e informatizada e eu vou poder
“estercnologicar” e “esternetar” em outras bandas.

Washington Olivetto é
Presidente e Diretor de Criação da W/Brasil e Ester Krivkin é Suporte
Tecnológico da W/Brasil

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s