Charles Schultz, ArtSlant, during Miami Art Week.

“There was never a Chinese art fair, but now there is the Brazil Art Fair, and it is utterly unique in so far as it is the only nationally oriented fair in the mix. All the galleries are either from Rio or São Paulo, but there is no more homogeneity to the artwork on view than one would expect from LA or NYC. In fact, it’s wildly diverse. Prior to entering the fair, I was terribly ignorant about Brazilian art. Now I’m a fan, and that’s partly because of the infectious enthusiasm of the gallerists, all of whom I spoke with were showing in Miami for the first time. ”

Charles Schultz, ArtSlant, during Miami Art Week. Dec, 2103

Anúncios

Do sonho a realidade: Brazil ArtFair

Em Outubro de 2012 começamos a desenhar e desenvolver o projeto do que seria a primeira edição da Brazil ArtFair. Toda a nossa bagagem como empreendedores, admiradores das artes, muitas viagens internacionais e nacionais sempre regadas de muitos museus e exposições, nos trouxeram a esse caminho.

Nossa missão é ir além de uma feira de arte, e ser um instrumento de fomento da economia criativa brasileira. Somos parte de uma país com dimensões continentais, hoje a quinta economia do mundo e que representa apenas 1% do mercado de arte mundial. Talento e criatividade são enraizados em toda essa nação, que tem o Carnaval mais famoso do mundo e festas populares por todo o país. Mas nossa criatividade vai além dessas festas populares, hoje, a arte contemporânea de artistas brasileiros pode ser encontrada nas maiores coleções privadas do mundo, e nos principais museus. Artistas consagrados já tem seus valores passando do “million dolar” e o mercado interno cresce em indices muito mais expressivos que a própria economia.

A Brazil ArtFair é a primeira feira voltada para galerias de arte brasileiras durante a Semana de Arte de Miami (Miami Art Week). Uma porta de entrada para o maior mercado consumidor de arte do mundo e um espaço de destaque, fomento e valorização das galerias e artistas nacionais.

Em nossa primeira edição, buscamos apresentar ao mundo, uma cena artística nacional rica, criativa e com alto potencial de desenvolvimento e valorização. Por meio de um formato inovador que busca dar destaque às obras, contextualizando-as e tornando a experiência do visitante mais próxima à de se visitar uma galeria ou exposição.

Gostariamos de agradecer a nossa equipe, Daniela Amendola Pinheiro, Delza Drummond, Tatiana Zanon pelo empenho e dedicação. A curadoria de Luisa Duarte e Gabriel Bogossian e os artistas e galerias participantes da mostra. Nossos fornecedores e amigos, Aldo Dinho Capucci, Fabio Nagash Franco, Marcela Ayd e Giuliano Cesar, José Marton, Ornella Beneducci e Carolina Rios, Alain e Belky Perez, Randi Freedman. Aos parceiros Fernando Hugo Pinheiro, Susanne Bierbragher, Maria Ines Dal Borgo, Gloria Johnson, Ricardo Feijoó, Danielle Perugini, Lina Santiago, Kelly Gregory e Esther Chattan. A todos os expositores, artistas e equipes, Artur Fidalgo, Wagner Lungov, Carmo Marchetti e Marcelo Secaf, Vilma Eid e Roberto Eid, Stella Holmes, Juliana Freire e Flaviana Bernardo, Flávia Marujo e Andrea Rehder, Ricardo Kimaid Jr., Renato de Cara, Mercedes Viegas, Heloisa Amaral, Marcos Sancovsky, Jo Slaviero e Olivio Guedes, Gabriela Inui, Lourdina Jean Rabieh, que nos apoiaram e acreditaram no projeto. Ao Orchestra Brasil, Ana Cristina, Muriel Zilio Santarosa e todos os desginers participantes. Aos amigos, Amália Carvalho e Márcio Morsa, Sharon e Gianfranco Beting, Isabel Cuca Petit, Kiki Moura Andrade Ferraz, Evelyn Politzer, Wanessa Cruz e Sandro Torres, Kátia Alvillez. Aos Schlomos – Robert Dannemberg, Juliano Oliveira e Fabio Rohr. Aos papos sobre arte contemporânea, feiras, artistas, com André Millan, Fabio Szwarcwald, José Marton, Luiz Mussnich, Luiz Lara, Miguel Chaia e Waldick Jatobá. Agradecimento especial a nossa familia que torce sempre, Saul e Elca Krivkin, Beno, Silvana, Pedro e Diego Krivkin, Sergio Bekieirman, Daniel Serebrinsky, Tereza e Tati Zanon. E a nossa madrinha Carmen Inês Gurgel de Souza.

E a todos os visitantes que vieram nos prestigiar nesse grande momento.

Ester Krivkin e Michel Serebrinsky

Brazil ArtFair, a realização do sonho.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O melhor registro, a beleza dos booths e das obras, os artistas presentes, os galeristas, o crew. Na vida burro é aquele que acha que faz alguma coisa sózinho. Um grande aplauso a todos que acreditaram que o Brasil pode sim, ser visto como um país de potencial cultural riquíssimo, e não só de roubalheira e corrupção. Estamos fazendo história em Miami, estamos fazendo história no Brasil. Estamos fazendo história na semana da Art Basel. Estamos mostrando que temos orgulho de ser brasileiros. Nossa feira boutique encanta todos que entram. Todas as galerias estão maravilhosas. Nunca os brasileiros tiveram uma oportunidade como essas de expor seus trabalhos. Uma vitrine linda. E com uma vibração e energia super positiva. Muito obrigada mesmo a todos que estão conosco nessa primeira edição.