Minha história com uma Kombi…

Pois é já dei parabéns para os Marcelos, Almap e Volkswagen. Puxa fazia tempo que não via uma publicidade tão bem feita. Que bela homenagem.

E até lembrei uma história da minha vida e com uma Kombi. Quando eu e meu irmão eramos criança ganhamos do meu tio, uma dalmata. Meu pai ficou louco, disse que não ia deixar criar em casa, moravamos em apartamento, de jeito algum. E meu tio resolveu criar a Baghera para nós. Ele morava na casa que era dos meus avós. E todo domingo ele vinha nos buscar para passear com a Baghera. Como não tem presente assim tão fácil. A condição era que nós deviamos cuidar dela. E isso significava levar no veterinário, passear, etc.

Antigamente não tinha um veterinário ou petshop por esquina, e o Zé, o motorista da loja do meu tio, vinha nos buscar com a Kombi da loja já com a Baghera, para irmos lá na Vila Madalena, em um veterinário, que alias era casado com alguma prima da minha mãe. E eu adorava andar de Kombi. Primeiro que o Zé era uma figura. Depois a Baghera ficava escorregando de um lado pro outro. A Kombi era de carga, então só tinha o banco da frente. E claro, nós iamos no banco da frente.

Era uma aventura.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s