Chez Ester&Michel, o clássico do momento.



Desde que o foguete subiu, a qualidade da mão-de-obra despencou assustadoramente. E principalmente em restaurantes. Até a pouco tempo atrás nós paulistas adorávamos nos gabar que tínhamos o melhor serviço do Brasil em restaurantes, mas ultimamente a coisa desandou de vez.

No dia do meu aniversário eu queria fazer algumas coisas que gosto muito, entre elas, ir na padaria tomar café e comer uma tapioca com queijo branco. Amo tapioca. Fomos andar no parque e depois descemos a Padre João Manoel para ir na nova padaria gourmet do bairro.

Socorro que caos.

Não tinha quase ninguém de cliente, mas uma brigada enorme de pessoas no balcão, na cozinha e garçom. Mesmo assim nada funcionava. Eu pedi a tapioca com queijo branco, a Tati uma cestinha de pão com uma porção de queijo branco e o Mi um ovo com bacon. Não veio o queijo da Tati, a minha tapioca veio com muzzarela e peito de peru defumado e o Mi recebeu 3 porções completamente diferentes de ovos. Voltou a tapioca, não aceitamos os ovos claro. E provavelmente a margem deles foi pro saco com tanto erro. Ficou difícil até entender como algo tão simples pode virar tremenda zona. E pera ainda queriam me convencer que a muzzarela era queijo branco…

E a mesma cena se repete em vários estabelecimentos.

Outro dia fomos em um restaurante thai que gostamos muito, apesar de algumas considerações, mas resolvemos voltar. O Mi pediu um prato de curry verde com camarão e eu outro curry. Meu curry tava tão doce, mas tão doce, que não consegui comer. Sabe quando um doce amarra na boca de tão doce? pois é. E o camarão do Mi veio com o rabinho. Acontece que eram camarões minúsculos com rabinhos mergulhados em um molho verde em uma cumbuca com hashi. O único jeito de tirar a porra do rabinho era enfiar a mão no curry e arrancar. O Mi ficou puto. Queria esganar o chefe que teve a infeliz idéia de mergulhar mini-camarões com rabinhos em curry. Eu ainda quis justificar que rabinho da mais gosto, mas aí o Mi retrucou, mas desse tamanho? vou chamar esse cara para vir comer isso…

E restaurante que o serviço é blaze? daqueles garçons que moraram em Londres e só faltam atirar o prato na tua cabeça. O Chez Oscar bateu recorde nesse quesito. Já encontrei várias pessoas que não vão voltar lá nunca mais, por terem sido mal atendidas. E lugares que cada vez a comida está de um jeito? até em quantidade…

Agora, quando entramos em um lugar que tudo funciona, parece um sonho não? como o Ritz, o bolinho de arroz é identico há mais de 25 anos. A Camelo, a pizza é impecável desde que eu nasci. O Rubayat, tem duzentos garçons para cada mesa. O Trindade do pãozinho, ao bacalhau, a todas as sobremesas, álias irresistiveis, tudo impecável, inclusive o serviço. E tantos outros clássicos da cidade, ou seja, deve ser possível. Basta o famoso treinamento. Não deve ser fácil, claro.

Como estamos na era do que se foda tudo e todos, a tendência é piorar cada vez mais. E enquanto continuarmos pagando caríssimo por restaurantes com serviço e comida de merda, a coisa vai ficar por aí.

Por isso, ultimamente, a onda é comer aqui em casa. Serviço de primeira. Comidinha caseira sem frescura feita por mim ou pela Flavia, e muitas vezes pelo Mi. Muitos mais barato, muito mais gostoso e feito com amor!

foto: minha versão do clássico penne oriental do Spot.

 oi si, agora vc me pegou, faço tudo no olho, mas é mais ou menos assim: peito de frango cortado em cubinhos ou tira temperado com sal e pimenta do reino, shitake, abobrinha, cenoura cortados em tiras, gengibre e um amendoim ou amendoa. Vc refoga o frango no fio do aziete, depois coloca as verduras e o shitake. Aí você faz um molinho de shoyo, limão e suco de laranja. A proporção eu não sei dizer, e joga no refogado, no final você põe uns amendoins ou amendoa e enfeita com cebolinha cortadinha. E mistura no penne. Fica uma delicia e é ultra rápido de fazer e fácil. Se vc quiser pode colocar também broto de feijão e pimenta dedo de moça, ou pimentão.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s