Os Sustos e os Beninhos.

 

A minha infância foi muito divertida. Somos uma família bastante criativa, unida, original e temos muitas histórias engraçadas para contar.

Tenho o maior orgulho do meu pai. Meu avô teve um infarto fulminante quando meu pai tinha 18 anos, por isso ele teve que começar a trabalhar muito cedo e não conseguiu fazer faculdade no tempo certo. Ele fez o curso técnico de Agrimensura e logo começou a trabalhar na Light.

Assim, já casado e com filhos pequenos, meu pai resolveu voltar a estudar e foi fazer Engenharia Civil. Não era muito fácil. Ele saia do trabalho direto para Itatiba, onde ficava a faculdade, e chegava em casa de madrugada. Eu e meu irmão, às vezes, acordávamos para ir bater papo com ele, pois ficávamos com saudades.

Um desses dias, nós resolvemos dar um susto no meu pai. Ao invés de ficarmos esperando sentadinhos na cozinha, nos escondemos, para na hora dele entrar a gente fazer o tal buuu…acontece que meu pai chegou com um saco de pão na mão. Ele ficou tão assustado, sem saber o que estava acontecendo aquela hora da madrugada, que começou a bater na gente com o saco. Depois demos gargalhadas, mas na hora não sei como não apanhamos de verdade.

Outra vez a vizinha, a querida Dna. Anita, deu um prato de siris, que ela tinha trazido de Santos, para minha mãe. Meu irmão era “o preguiça”. Ele não acordava de jeito algum no domingo. Ele saia da cama, deitava no chão com o edredon e continuava dormindo. Meu pai de sacanagem, pegou o prato de siri e colocou do lado dele no chão, no que ele virou e abriu os olhos, ele deu um pulo no teto do susto.

Outras cenas engraçadas eram minha mãe e minha tia correndo atrás dos Beninhos. O meu irmão chama Beno. Meu primo Beni. E para completar a nossa empregada da infância chamava Bena. Sem gozação. Beni é Benjamin, Bena é Bernadete e Beno é Beno. Ele fica puto que parece apelido, mas não é.

O Beno foi uma criança com uma personalidade bem forte. Eu diria que seu mecanismo de defesa era bastante peculiar: ele mordia. O Beni era o famoso “frágil”. Magrinho, enjoado, filho temporão, super mimado. O Beni é mais velho que o Beno apenas uns meses.

Era muito comum em casa a seguinte cena:

O Beno correndo atrás do Beni, que tinha aberto a porta e fugido de casa pelas escadas.
A Bena comunicando o fato para a minha mãe e a minha tia.
A minha mãe correndo atrás dos dois pelas escadas.
A minha tia correndo atrás da minha mãe.
E todos gritando: “Beninho. Pará! Não morde!”…descendo as escadas do prédio.

Praticamente todas as vezes que os dois se encontravam, o Beni apanhava ou corria. Eu encontrei outra forma de me defender do meu irmãozinho mais novo. Me trancava no banheiro ao invés de correr, mas uma vez fui pega e tomei uma mordida no peito.

Minha mãe deu aula mais de 30 anos na mesma escola judaica que estudamos. Na escola toda vez que alguém se arrebentava, ela que levava a criança para o hospital para consertar. Era a mais calma de todas as morots (professoras em hebraico). Não se impressionava com o sangue, gorduras e ossos expostos. Uma vez um moleque chegou na sala dos professores com a calça jeans rasgada e um baita de um ferimento. A minha mãe perguntou: “Nossa fulano, que cachorro te mordeu?”. E ele respondeu: “O cachorro do teu filho, mora.”

Hoje o Beno tem o Pepê e o Beni tem o Sammynho. Eles tem a mesma diferença de idade, mas ao contrário, o Pê é mais velho. E são primos que se amam. É emocionante ver os dois juntos e como eles se gostam. E ainda tem o Diego, o Didi, e o Jimmy, o Didi, que apesar da diferença de idade ser maior, também são bem amigos. E a história se repete dessa vez sem mordidas, mas com sustos e mesmos apelidos.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s