Dicas Filmes: Netflix

Assistir filme no Netflix é quase como um caça ao tesouro. O catálogo é tão desatualizado, que as recomendações trazem Taxi Driver, Bagdá Café, entre outros best-sellers de mil anos atrás. Tem que passar horas pesquisando, mas consegui ver 6 filmes, velhos claro, um atrás do outro que adorei esses dias:

No String Attached – comédia romantica com atores excelentes, Ashton Kutcher e Natalie Portman, com cenas bacanas de LA. Como toda comédia romantica e em épocas de novela da Globo ruim, vale para passar o tempo. Não acrescenta nada.

El Cuerpo – es una película española…do diretor catalã Oriol Paulo. Sumiu um corpo do necrotério e o filme passa praticamente todo no necrotério, em busca do corpo perdido e com bastante suspense e humor tipico espanhol. Diversão na certa.

The Flat – documentário israelense excelente. Quando a avó de Arnon Goldfinger, diretor do filme, morre, ele resolve fazer um documentário mostrando a família desfazendo o apartamento da avó. A Sra. morreu com 98 anos de idade e junto um centenário de histórias e de segredos em família. Arnon descobre que seus avós eram muito amigos de um casal nazista e fica intrigado com isso e passa a investigar o assunto.

Beginners – Ewan McGregor, Oliver, interpreta um designer gráfico que perde o pai. A estória vai sendo montada com flahbacks, e conta o momento que o pai com 75 anos confessa ao filho que é gay. E resolve com essa idade sair do armário. Oliver tem uma infância bem esquisita que reflete na sua vida adulta, e acaba tendo um relacionamento tão estranho quanto seu comportamento. Gostei muito do filme, bastante sensível.

After the Wedding – Adoro filmes escandinavos, e esse Dinamarques é muito interessante. Começa com as cenas na India, mesmo excelente ator do The Hunt, e depois com paisagens lindíssimas em algum lugar no interior da Dinamarca. A atuação dos atores também é fantástica. Depois de um casamento tudo começa a se revelar de forma bastante dramática.

In a Better World – Outro Dinamarques. Desse vez tem cenas na Africa e em alguma cidade maravilhosa também no interior da Dinamarca. Fala de duas famílias e duas crianças com personalidades totalmente diferentes. Como a mente de uma criança pode arquitetar planos diabólicos, como pode convencer o outro, como cada pai lida com essa situação. Adorei.

Agora quem tiver mais dicas de achados no Netflix por favor me manda. Gosto dos filmes independentes, europeus, asiáticos, principalmente japoneses, espanhóis, argentinos e escandina